Métodos ágeis: a diferença entre ágil e rápido

Você conhece os métodos ágeis? Sabia que eles podem triplicar a sua produtividade?

O que fazer quando um dia de trabalho não é o suficiente para encaminhar tudo que precisa ser feito no expediente, mesmo que você tenha sido bastante rápido?

Por isso precisamos entender de uma vez por todas que ser ágil não é ser rápido. Existe uma grande diferença entre ambas as formas de se trabalhar ou organizar o trabalho que será executado.

E se você tem atravessado dificuldades em entregar o que precisa ser entregue, tenho uma notícia excelente pra você.

Você pode ter sua produtividade melhorada 10x mais adotando hábitos projetados para a otimização da sua eficiência. E sem precisar ficar desesperado com sua velocidade.

Por isso fica com a gente nesse artigo que vamos te mostrar como os métodos ágeis podem te ajudar.

 

O que são métodos ágeis?

 

Os métodos ágeis vieram como uma alternativa à gestão tradicional de projetos. Surgiram por conta do desenvolvimento de software, mas hoje em dia pode ser adotado por qualquer tipo de propósito.

Os métodos ágeis vêm ajudando várias equipes a encarar a imprevisibilidade que existe dentro de um plano, por meio de entregas incrementais e ciclos iterativos.

Os métodos ágeis têm o propósito de gerenciar projetos que incentivam a análise e adaptações com frequência.

Se trata de uma filosofia prática que tem por finalidade incentivar o maior trabalho em equipe, a auto-organização, uma frequente comunicação, focando no consumidor final e na troca de valor.

Existem alguns modelos bem eficazes de métodos ágeis que você pode adotar para atingir os resultados desejados como: Scrum, kanban, XP, ASD ou FDD.

 

A diferença entre ágil e rápido

 

Um trabalho realizado com agilidade, que é muito diferente de um trabalho rápido. Consegue aproveitar ao máximo cada minuto que o dia oferece, tendo, primeiro, atenção voltada às prioridades.

Ser ágil no trabalho não vai apenas melhorar sua produtividade, e garantir pontos positivos com a empresa. Mas também fará com que você se sinta mais realizado, satisfeito e com a garantia de que seu dia foi incrivelmente realizador.

O contrário de ser ágil, é não se organizar para executar determinadas tarefas de um projeto. Então muitas vezes pode acontecer de alguns colaboradores da empresa falarem que estão com pressa na hora de executar alguma demanda.

Baseado nisso chegamos à conclusão que muitas vezes os funcionários que estão com pressa acham que estão sendo ágeis em resolver a tarefa. O que, na verdade, é um erro. Pois existe diferenças básicas entre pressa e agilidade.

A pressa acontece por consequência de algo que saiu fora do planejado, ou seja, é uma ação que vem de uma falha do colaborador ou do contexto que ele foi colocado.

Existe um perigo muito grande quando os colaboradores estão inseridos nessa cultura de estarem sempre apressados para fazerem alguma coisa. Como vimos, muitas dessas ações são fruto de uma falha, que às vezes pode causar um efeito de erros em cascata.

Gostou do artigo? Te ajudou de alguma forma? Quais as dicas você tem para que as pessoas deixem de ter pressa e passem a ser mais ágeis? 

Deixe nos comentários! Leia também nosso próximo artigo sobre o tema e entenda tudo que você precisa saber sobre métodos ágeis.

Deixe uma resposta

10 − seis =