Como avaliar os investimentos em educação corporativa

A Educação Empresarial vem conquistando mais empresas a cada ano que se passa. Mais conhecida como Educação Corporativa, a prática utiliza de cursos, treinamentos e workshops que a empresa investe para estimular e disseminar uma cultura de aprendizado e desenvolvimento entre seus colaboradores.

Trata-se de uma abordagem de resultados comprovados, tanto por inúmeras empresas no mundo quando por estudos de especialistas na área de RH por exemplo.

Mesmo assim, muitos empresários ainda hesitam em adotar a prática em seus negócios por vê-la, a princípio, como um custo. E o que os torna mais resistentes ainda à prática, é não terem ou conhecerem métodos de avaliação desse investimento.

Assuntos que vamos esclarecer neste artigo. Acompanhe para saber como avaliar corretamente os retornos de investimento em Educação Corporativa.

 

Primeiramente, é possível sim medir os resultados da educação corporativa

Pelo fato da educação corporativa ser um investimento feito em formação e desenvolvimento de conhecimento, alguns empresários têm a noção de que não é possível mensurar seu resultado.

E esse é um mito que precisa ser esclarecido agora.

Os resultados de se investir em treinamento de colaboradores por meio da educação corporativa podem sim ser avaliados e medidos.

O que pode ser feito através de métodos avaliativos tanto em relação ao que os colaboradores aprenderam dos treinamentos, quanto dos resultados em produtividade e faturamento para a empresa.

Continue lendo o artigo para descobrir quais métodos são esses e como colocá-los em prática.

 

Avaliação de aprendizado: medindo o quanto a equipe aproveitou os treinamentos

O primeiro tipo de retorno que uma empresa espera ao investir em educação corporativa está na evolução profissional dos colaboradores. Afinal, esse é o primeiro indicador avaliativo para saber se o investimento deu frutos.

De modo geral, boa parte das empresas adotam avaliações de aprendizado para determinar o quanto os colaboradores conseguiram reter de conhecimento.

Entre os procedimentos avaliativos, é comum a aplicação de testes como questionários de perguntas fechadas e objetivas, ou de questionários com perguntas abertas.

Esses dois modelos de questionários são bons para avaliação de aprendizado. Conseguem gerar dados como taxa de retenção de conhecimento e também de assimilação e uso do mesmo.

Algumas empresas usam ainda dinâmicas de grupos para conflitar o conhecimento adquiridos pelos colaboradores entre si. Nestas dinâmicas, um checklist próximo aos questionários é feito aos colaboradores, sendo que este é desconhecido por eles.

Vale destacar que — seja para os questionários ou para o checklist das dinâmicas — os profissionais encarregados devem estabelecer um patamar para a métrica. Ou seja, ter uma base média para confrontar com as respostas dadas e avaliar os dados com mais precisão.

 

Avaliações de desempenho da empresa pós treinamento: medindo impactos da educação corporativa na operação

Vimos como medir o resultado de um curso ou treinamento em relação aos funcionários. Agora é hora de saber como esses resultados podem ser avaliados em relação a operação da empresa. O que é até mais fácil na maioria dos casos.

Muitos profissionais de RH gostam de estabelecer uma média de produtividade antes do treinamento, e de todo o processo de educação corporativa. Então passado um tempo do treinamento, avaliar novamente os índices de produção da empresa. Tendo assim um meio de avaliar se investimento trouxe resultados na produtividade.

Deseja saber mais sobre formas de avaliar o desempenho da educação corporativa?

Conheça todos nossos cursos sobre educação corporativa. Com instrutores profissionais do mercado e materiais exclusivos.

Deixe uma resposta

dezesseis − 8 =