Deseja redirecionar a carreira? Saiba como.

 

Trocar de carreira pode ser uma escolha ou uma necessidade. Em qualquer situação, é importante saber quais são suas competências e o que você realmente gosta de fazer. Com as mudanças atuais no mercado de trabalho, não existe mais uma idade determinada para você mudar de carreira, começar uma nova formação ou investir em uma área completamente diferente da sua. Basta ter vontade e disciplina.

 

Nesta fase de mudança, um processo de autoconhecimento deve ser bem estruturado. Não é tão fácil se conhecer, mas uma pergunta que pode ser feita é “o que é bom para mim?”. Depois de saber aonde você quer chegar é importante buscar cursos, experiências e conhecimentos que auxiliem em suas novas metas. As consultorias profissionais também são bem úteis na hora de montar seu planejamento.

 

Se você já tem um emprego, verifique se na empresa que você trabalha existe a possibilidade de transferência para a área desejada. Conheça a função, converse com colegas e, até mesmo, se voluntarie para ajudar nas atividades do setor. Se tiver abertura de seus gestores, pode ser uma boa oportunidade de conhecer melhor e começar na sua nova área. Caso você não tenha chance de passar para outra divisão ou sua empresa não dê abertura para a troca de experiências, tenha calma. Tente negociar com seus diretores uma oportunidade futura e continue buscando conhecimento na área de interesse. Procure trabalhos extras, voluntários e até mesmo com a ajuda de profissionais que você conheça na área. Há diversas alternativas que não exigem demissão. Entretanto, caso você opte por trocar de cargo saindo do seu trabalho, busque se certificar de ter uma poupança que cubra o período de transição entre empregos.

 

Abaixo, destacamos seis dicas que podem ajudar você neste momento de transição.

  • Não seja impulsivo. Mudar de área só por um salário maior ou modismos pode trazer frustração pessoal mais tarde;.
  • Pense no que faz você feliz. O autoconhecimento é fundamental antes de dar os primeiros passos no novo caminho;
  • Descubra quais são suas verdadeiras habilidades. Talento e estilo de vida devem estar em sintonia com sua escolha profissional;
  • Conheça o mercado em que você quer entrar. Saber qual formação, demandas e por onde começar é fundamental;
  • Construa uma rede de contatos na área pretendida. Conhecer pessoas que indiquem empresas e eventos relacionados pode enriquecer seu conhecimento;
  • Faça as contas com cuidado. É importante saber se você tem recursos financeiros para manter a fase de aprendizado e transição para a carreira.

 

 

Mantenedores

Apoiadores institucionais