Top Ser Humano e Top Cidadania

Modalidade Enfrentamento da Crise gerada pelo Coronavírus

Vivemos um momento singular da história humana. A crise da pandemia instiga-nos à ressignificar nossas ações e posicionamento frente a vulnerabilidade das relações na sociedade. A pandemia do COVID 19 traz risco mas apresenta oportunidades de lições apreendidas.

A crise nos faz superar riscos e propõe desafios necessários para transformação e o desenvolvimento econômico, político e social.

É nesse sentido que a ABRH-RS propõe juntos superar os desafios frente à crise da pandemia do COVID 19 e deseja reconhecer as ações, projetos e iniciativas que buscam lidar com o enfretamento da crise da pandemia do Corona vírus.

A ABRH-RS comprometida com o bem e a dimensão pública, de forma solidária, premiará os cases que apresentem ações, práticas e saberes que permitiram a adaptação, a segurança, o desenvolvimento de pessoas e das organizações bem como a sustentabilidade institucional, voltadas ao enfrentamento da crise desencadeada pelo Covid-19. Também irá reconhecer os cases que apresentem projetos, ações, práticas e saberes na perspectiva da transformação social visando gerar retorno positivo para a sociedade, voltadas ao enfrentamento da crise desencadeada pelo Covid-19.

 

O Top Ser Humano é uma das premiações mais cobiçadas do país na área de Gestão de Pessoas. É o reconhecimento aos indivíduos e organizações que valorizam o Ser Humano como diferencial estratégico para o crescimento das pessoas e das empresas. Realizado desde 1993, foi criado para reconhecer as empresas e profissionais que apresentam as melhores práticas na área de gestão de pessoas. Durante estes 26 anos, já foram premiados 547 cases em todo o Estado, com a participação de organizações de diversos segmentos e 22 personalidades que se destacam por suas ações em prol da responsabilidade social e gestão de pessoas do Rio Grande do Sul.

O prêmio Top Cidadania, criado em 2001, reconhece as ações sociais e de sustentabilidade realizadas pelas organizações na comunidade gaúcha, contribuindo para o incentivo dos investimentos sociais nas empresas do Estado. A distinção é dada às empresas e instituições sem fins lucrativos que desenvolvem projetos que beneficiam o público interno (funcionários) ou externo (comunidade), estimulando a valorização de ações sociais e de sustentabilidade dentro de organizações, em sua cadeia produtiva ou na sociedade. Ao total, 198 cases que apresentaram ações sociais e/ou sustentáveis realizadas já foram vitoriosos.

Através destes reconhecimentos, a ABRH-RS quer promover um movimento contínuo e positivo no mercado, inspirando outras empresas a implementarem boas ideias na área da responsabilidade social e valorizando o trabalho de seus colaboradores.

 

Troféu Mérito - entregue para as organizações que conquistaram cinco prêmios nos últimos seis anos, sendo eles do mesmo Prêmio – Top Ser Humano ou Top Cidadania.

 

Confira a lista das empresas que já foram agraciadas com o Mérito Top Ser Humano:

 

Ano – Empresa – Anos dos prêmios

2019 - Unimed Noroeste/RS - 2015, 2016, 2017, 2018 e 2019

2018 - Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial/SENAC-RS - 2013, 2014, 2015, 2017 e 2018

2017 - Hospital de Clínicas de Porto Alegre/HCPA - 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017

2016 - AESC - Hospital Mãe de Deus - 2011, 2012, 2013, 2015 e 2016

2016 - Hospital Moinhos de Vento - 2011, 2013, 2014, 2015 e 2016

2016 - Indústria de Plásticos HERC - 2011, 2012, 2014, 2015 e 2016

2013 - Unimed Porto Alegre - 2009, 2010, 2011, 2012 e 2013

2010 - AESC - Hospital Mãe de Deus - 2006, 2007, 2008, 2009 e 2010

2010 - Hospital Moinhos de Vento - 2005, 2006, 2007, 2008 e 2010

2010 - Hospital de Clínicas de Porto Alegre/HCPA - 2005, 2006, 2007, 2008 e 2010

 

Confira as organizações que já foram agraciadas com o Mérito Top Cidadania:

 

Ano – Empresa – Anos dos prêmios

2019 - Banco de Alimentos de Porto Alegre - 2014, 2015, 2017, 2018 e 2019

2017 - Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais - 2012, 2014, 2015, 2016 e 2017

 

 

 

Informações:

3254.8258
[email protected]

 

 

Mantenedores

Apoiadores institucionais