Magazine Luiza apresenta agilidade organizacional no CONGREGARH 2019 | ABRH RS

Magazine Luiza apresenta agilidade organizacional no CONGREGARH 2019

 

A manhã do último dia de CONGREGARH 2019 encerrou-se com a palestra Case Agilidade Organizacional no Magazine Luiza, ministrada por Henrique Imbert, que lidera um time de agile coaches na empresa.

 

Imbert apontou que as novas transformações estão surgindo exponencialmente e requerem uma mudança na posição das empresas para estabelecerem uma cultura mais colaborativa, focada na experimentação e na agilidade. “Cada coisa que chega pode ser o fim da empresa. Então, internamente, é preciso se questionar: o que faço para eu mesmo me inovar?”.

 

A Magazine Luiza precisou trabalhar em um novo modelo de negócio, explicou Imbert. Antes era uma empresa tradicional do varejo, na qual tinha um departamento digital, com foco nas lojas e vendas. Nesse processo de transformação tornou-se uma plataforma digital com pontos físicos e calor humano. “Tudo requer agilidade. Para ser uma plataforma precisamos de uma experiência e inovação, pois não temos mais as respostas. Então precisamos colocar as ideias na rua para validá-las ou não”, acrescentou o palestrante.

 

O processo de transformação na Magazine Luiza iniciou com o Luiza Labs, composto por duas pessoas em uma sala improvisada. Através de técnicas e conceitos de disseminação, para mudar a cultura da empresa, atualmente são 804 pessoas, focadas em todas as áreas, não apenas no e-commerce. “Hoje a internet é responsável por 41% das vendas da empresa. Se a empresa não tivesse digitalizada, como ela estaria até hoje?”, questionou Imbert.

 

Nesse caminho de transformação, a Magazine mudou a forma de trabalhar, explicou Imbert. Os produtos pensados e feitos através de workshops, de maneira colaborativa entre os funcionários de diferentes departamentos, não apenas desenvolvido pela área de tecnologia. “Não funciona mais expelir algo pelo sistema. É necessário unir pessoas, as partes interessadas, conversar com elas, sentir suas dores”, salientou o líder.

 

Mantenedores

Apoiadores institucionais