Atenção Plena: Café Conosco da ABRH-RS aborda os benefícios do Mindfullness | ABRH RS

Atenção Plena: Café Conosco da ABRH-RS aborda os benefícios do Mindfullness

 

A palestrante Vanessa Stechow apresentou os detalhes sobre o exercício mental que diminui a ansiedade e o estresse, além de estimular a concentração e o foco, tanto profissionalmente como pessoalmente

 

A Associação Brasileira de Recursos Humanos Seccional Rio Grande do Sul (ABRH-RS) promoveu nesta quinta-feira (20) a edição de Fevereiro do Café Conosco. O tema principal do debate foi Mindfulness ou Atenção Plena - Uma Habilidade a ser Aprendida e para ampliar o detalhamento o evento contou com a palestra da especialista em gestão de pessoas e nas terapias comportamentais contextuais, Vanessa Stechow. Em 1979, Jon Kabat Zinn realizou o primeiro estudo sobre Consciência Plena e obteve resultados significativos na diminuição do estresse e dores crônicas. Por isso, é reconhecido como principal nome do Mindfullness. 

 

Segundo Vanessa, a prática é uma atividade de autoconhecimento e a respiração é o principal eixo para execução. “Naturalmente nos desfocamos. Há muitas coisas no nosso interior - emoções, pensamentos - e no exterior - sons, cheiros, imagens. Precisamos ter mente de principiante, que é o novo olhar e a nova percepção de objetos, comportamentos e situações, pois a cada dia somos novos seres humanos”, afirmou. 

 

A prática formal representa a soma de um contexto específico e a continuidade para obter evolução. Mas há também o exercício informal que, segunda Vanessa, pode ser feita ao tomar banho, ao alimentar-se ou até mesmo lavando a louça. “Pensamentos e emoções não são controláveis, mas nossa mente pode ser capacitada para reconhecer e avaliar para agir de forma adequada”, pontuou. O estresse é o modo automático de não parar para raciocinar sobre o que acontece ao redor. “A mente sábia reconhece o momento de silenciar e observar. Basta treinar”, citou.

 

A dica da especialista é “sermos compassivos com nossas emoções, notando-as”. Por fim, indicou que os aplicativos são ótimos recursos para ajudar na prática do Mindfullness, alertando momentos de respiração e pausa, agindo um parceiro na execução da atividade.

Mantenedores

Apoiadores institucionais