Quais são as habilidades que nunca serão substituídas pela tecnologia? | ABRH RS

Quais são as habilidades que nunca serão substituídas pela tecnologia?

 

Ao longo das duas últimas décadas, os países presenciaram uma grande revolução tecnológica e acompanharam de perto o surgimento e o crescimento da internet, a invenção do smartphone e o desenvolvimento de sistemas de aprendizado de máquinas. Estas ferramentas são aliadas e fascinam pelo poder que carregam, porém muitos têm insegurança quanto à substituição de vagas.

 

Porém, existem algumas características fundamentais que não serão trocados pela automação total. Apesar de inteligentes, as máquinas não têm a capacidade de desenvolver algumas habilidades essenciais, como:

 

Competência emocional

Apesar dos avanços tecnológicos na composição de máquinas, elas ainda não possuem a capacidade de compreender as emoções de uma pessoa ou organização, pois não têm inteligência emocional, ou seja, a competência de reconhecer e analisar emoções. Outra habilidade humana, ausente em robôs, é a sensibilidade e flexibilidade para adaptar-se frente às mudanças organizacionais em situações específicas, nas quais é colocado em prática a

 

Comunicação

Conseguir se comunicar bem é um dos principais requisitos para se sair bem no ambiente de trabalho. A habilidade é essencial para trocar informações relevantes de maneira clara e objetiva, priorizando a transparência nas relações interpessoais. Pensando nisso e nos problemas que podem surgir devido a uma má comunicação, o diálogo é bastante necessário e dificilmente será substituído por máquinas, que não possuem essa habilidade comunicacional. Entretanto, cada vez mais, a comunicação é realizada por meios digitais para contribuir com a velocidade da informação.

 

Conexões

As conexões humanas são fundamentais em um mundo interligado e repleto de oportunidades. Estar em contato direto e presencial com pessoas que detêm interesses em comum e conhecê-las contribui para expansão de pensamentos, autoconhecimento e desenvolvimento pessoal. No âmbito corporativo, a interação entre pessoas e o trabalho em equipe é fundamental para criação de inovações e melhoria de processos. A diversidade de personalidades e pessoas em um setor complementa habilidades e vivências em prol de um resultado diferenciado e aumento da produtividade.

 

Conteúdo

A capacitação é fundamental para atualização e colocação no mercado de trabalho. Uma das melhores formas de adquirir conteúdo e boas práticas é por meio da troca de experiências e aprendizagem conjunta. A disseminação de conhecimento aliada com diferentes culturas e vivências contribuem para a criação de conteúdos relevantes para a empresa de forma inovadora no mercado.

 

Contexto

Em geral, os sistemas automatizados têm bastantes dificuldades para reconhecer o contexto de uma determinada situação, pois esse problema é bastante complexo. As máquinas dificilmente conseguem estender o seu raciocínio automático de inteligência artificial para compreender diferentes circunstâncias. Entretanto, essa é uma ferramenta bastante necessária para tornar a sua compreensão de conteúdo mais útil do que a dos robôs.

 

Ensino

Desde cursos online massivos abertos até o ensino de simulações de aulas, os sistemas automatizados já ajudaram em significativos avanços na qualidade e na acessibilidade da educação. Nas empresas, o ensino exige compreensão do contexto de desenvolvimento e amadurecimento, possibilitando que as organizações invistam em funcionários a fim de que eles atinjam sucesso e contribuam positivamente para a empresa.

 

Ética

Embora as máquinas substituam cada vez mais o trabalho humano, a ética, característica fundamental para o desenvolvimento e o crescimento de bons funcionários, não será uma das novas atribuições dos sistemas automatizados. A essência do julgamento moral não existe nos algoritmos e essa deve ser utilizada sempre na tomada de decisões pelos líderes de uma empresa ao enfrentarem dilemas morais.

Mantenedores

Apoiadores institucionais