Lideranças atuais precisam entender como gerir uma equipe mais velha

 

Os maiores desafios para o líder que é mais jovem que a equipe que lidera são transmitir credibilidade e estabelecer um canal de comunicação o mais transparente e aberto possível. Nos negócios familiares, é bastante comum que jovens sucessores assumam postos de liderança. Como isso significa posicionar uma pessoa com pouco tempo de casa para comandar uma equipe que está há anos na empresa, pode gerar insatisfação e atritos.

 

Outro fator é que muitos profissionais mais jovens se especializam e se dedicam aos estudos antes de ir para o mercado de trabalho. Isso faz com que estejam, muitas vezes, mais preparados para cargos de liderança e tomada de decisão.

 

O gestor mais novo deve saber superar diferenças de idade e priorizar a qualidade do profissional. É importante saber que todo colaborador pode contribuir para o sucesso da organização. Para conquistar a equipe, o líder deve ser transparente. Uma das melhores estratégias é implementar ferramentas colaborativas no ambiente de trabalho. Para eliminar qualquer desconfiança dos colaboradores mais experientes, incentivar o diálogo e a participação de todos estimula e faz a equipe se envolver.

 

Pessoas de todas as gerações esperam que seus líderes tenham credibilidade, sejam presentes e incentivem o crescimento na carreira. Independente da idade do gestor, é preciso lembrar que a liderança é um conjunto de comportamentos aprimorados diariamente, pela prática da paciência, respeito, troca de ideias e empatia.

 

Mantenedores

Apoiadores institucionais